Dá Saúde e Faz Crescer

Fertilizar o Seu Bonsai

Como um ritual sagrado da jardinagem, a fertilização do bonsai exige um cuidado meticuloso e preciso.

Mas não se preocupe, estamos aqui para desmistificar o processo e ensinar tudo o que precisa de saber para garantir que seu bonsai prospere e floresça durante muitos e longos anos.

Mas Porquê Transplantar um Bonsai?

O transplante de bonsai e o gerência do solo desempenham um papel crucial na saúde geral e no crescimento de uma árvore bonsai.

Conforme a árvore cresce, as raízes compactam-se no vaso. Isto resulta em má drenagem e acesso limitado a nutrientes essenciais.

O transplante permite a renovação do sistema radicular, removendo raízes emaranhadas ou circulares e proporcionando a oportunidade para o crescimento de novas raízes.

Ao transplantar sua árvore bonsai, você fornece um solo fresco e bem drenado que promove um desenvolvimento radicular saudável e favorece o crescimento ótimo.

Como Saber se o Bonsai Precisa

Reconhecer os sinais que indicam a necessidade de transplante é essencial para manter a saúde de sua árvore bonsai. Fique atento aos seguintes indicadores:

Raìzes Compactas

Caso observe que as raízes começam a rodopiar à volta do torrão ou a crescer de forma densa, é um sinal que o seu bonsai ultrapassou as dimensões do vaso atual e necessita de ser transplantado

Crescimento Lento ou Folhas Amareladas

Caso observe que as raízes começam a rodopiar à volta do torrão ou a crescer de forma densa, é um sinal que o seu bonsai ultrapassou as dimensões do vaso atual e necessita de ser transplantado

Problemas na Drenagem de Àgua

Uma drenagem deficiente pode resultar do solo compactado, levando ao acúmulo de água na superfície ou drenagem lenta. O transplante melhora a drenagem e a aeração do sistema radicular, prevenindo condições encharcadas.

Ingredientes para Solo de Bonsai

Selecionar a mistura de solo afeta diretamente o bem-estar do seu bonsai.

O solo deve encontrar o equilíbrio perfeito entre retenção de água e drenagem, promovendo hidratação adequada às raízes e ao mesmo tempo garantindo uma boa circulação de ar, evitando o apodrecimento a raíz

Existem três ingredientes principais nas misturas de solo adequadas para bonsais.

Akadama

Akadama é um componente de solo para bonsai popular conhecido por sua excelente retenção de água e propriedades de drenagem. É uma substância semelhante à argila que ajuda a reter a umidade, permitindo que o excesso de água seja drenado. A Akadama também proporciona um ambiente estável para o crescimento das raízes e a absorção de nutrientes.

 

Pedra-Pomes

A pedra-pomes é uma rocha vulcânica com qualidades porosas, tornando-se um componente ideal para o solo de bonsai. Ela melhora a drenagem, evita a compactação do solo e promove o desenvolvimento das raízes, promovendo aeração. A pedra-pomes também ajuda a evitar o excesso de água, reduzindo o risco de podridão das raízes.

Pedra Vulcânica

A gravilha vulcânica é outro material vulcânico amplamente utilizado em misturas de solo para bonsais. Ela é altamente porosa, permitindo que a água passe facilmente, ao mesmo tempo que proporciona estabilidade à árvore. A gravilha vulcânica melhora a aeração e impede que o solo se torne muito compactado.

 

Para a maioria das árvores bonsai, uma mistura de solo composta por partes iguais de Akadama, púmice e rocha vulcânica é suficiente. Essa proporção equilibrada proporciona uma base ideal para o crescimento saudável das raízes. No entanto, algumas espécies de bonsai podem ter necessidades específicas de solo.

Em relação ao uso de substrato orgânico no bonsai, é geralmente evitado devido à sua tendência de compactar e reter água excessiva, o que pode levar a problemas de saúde para a planta.

No entanto, em climas mais quentes, como nas zonas de resistência 9 e 10, a utilização de algum substrato orgânico pode ser benéfico a reter humidade e evitar que o solo seque demasiado rapidamente.

Perguntas Frequentes

Com que frequência devo transplantar o meu bonsai?

Árvores bonsai geralmente precisam ser transplantadas a cada dois ou três anos. No entanto, a frequência pode variar com base na espécie e taxa de crescimento da árvore.

Claro que há casos específicos como o salgueiro-chorão que precisa de ser transplantado duas vezes por ano. Por risco a arrebentar o vaso, pois as raízes crescem tão vigorosamente.

Posso usar solo comum ou universal com o bonsai?

Geralmente, o solo comum de vasos não é adequado para árvores bonsai, pois retém muita humidade.

Em climas menos secos e quentes, é recomendado usar uma mistura de solo específica para bonsai, que ofereça boa drenagem.

O que faço se o bonsai estiver em choque depois de um transplante?

Se sua árvore bonsai estiver em choque após o transplante, coloque-a em uma área sombreada e evite perturbá-la.

Regue com cuidado e fique de olho nele. A maioria das árvores se recuperará com o tempo e cuidados adequados.

Posso usar musgo na superfìcie do solo?

Sim, o musgo pode ser usado na superfície do solo para fornecer uma aparência mais estética e pelo seu efeito de reter e distribuir a humidade no vaso.

Certifique-se de que o musgo não fique muito humido, pois isso pode causar apodrecimento nas raízes.

Pin It on Pinterest

Share This